Buscar
  • Mariana Macedo

Episódio 20 - Primeira casa impressa em 3D - 3dhomeconstruction



A moradia é considerada uma necessidade básica, um pré-requisito para atender às necessidades fisiológicas e psicológicas de uma pessoa. Assim, quando existe a ausência da habitação em si ou condições precárias da mesma, as pessoas podem sofrer uma série de consequências em sua saúde física e mental. O Brasil tem um déficit habitacional de 7,757 milhões de moradias, segundo estudo da Fundação Getulio Vargas (FGV).


Para atender a essa demanda já existente, e ainda dar condições de moradia adequadas para pessoas que estão se mudando para cidades, métodos construtivos que permitam escala são fundamentais. Por essa razão, muito se fala de industrialização da construção de casas de interesse popular. Dentro do contexto global, quando se fala de escalabilidade, existem algumas iniciativas, especialmente no que toca impressão 3D como a NewStory Charity.


A NewStory Charity é uma organização sem fins lucrativos que fornece casas para pessoas que vivem em habitações inadequadas. A organização ajudou a financiar projetos comunitários em quatro países, construindo mais de 2.200 ou mais casas e mudando a vida de mais de 11.000 pessoas. Junto da Icon, empresa que mpressão 3d, a NewStory pretende ser uma organização sem fins lucrativos com uma mentalidade de startup e revolucionar os modelos atuais. A grande promessa que a mídia faz com relação a impressora 3D da empresa Icon, a Vulcan II, é de realizar a proeza de fazer uma casa em 24 horas. Isso está longe da verdade, o que ela faz, na verdade, é imprimir certas partes da estrutura de concreto. Os demais elementos (esquadrias, instalações elétricas e hidráulicas, cobertura, revestimento de piso, acabamento de parede) devem ser executados posteriormente, sendo impossível finalizar a casa dentro do período de um dia. Contudo, configura um avanço significativo na forma de produção das casas atuais. Mas que até então existia apenas fora do país.


No último mês, essa tecnologia passou a existir no cenário nacional e com uma empresa 100% brasileira, a 3dhomeconstruction. A ideia do projeto surgiu em 2017, dentro da Universidade Potiguar no Rio Grande do Norte, como projeto de graduação e é composta pelo professor André Dantas, engenheiro Iago Felipe e Allynson Xavier. Em apenas 5 dias, eles realizaram a impressão da primeira casa 3D no Brasil de 66,81 metros quadrados com o custo estimado de 30 reais por m2. Extremamente competitivos, eles tem muitos planos para expansão, otimização e desenvolvimento de novas tecnologias.


Confira o episódio na íntegra com os fundadores e sócios da 3dhomeconstruction



Link:

Allynson Xavier

Iago Felipe


97 visualizações